domingo, dezembro 06, 2009

Dias maquinais

Bom dia saudade!
Saudade d'ocê...
Acompanha-me nos seus desenganos
que eu te danço nos meus desencontros.

Venha-me!
Faça-me feliz com sua presença
sobretudo das ausências que vos carrega
ao meu lado.

Seja minha dama
nessa valsa solidão
não faça dela um drama
atenda minha oração.

Cai a noite na minha vida
a tarde se encolheu
e ela me deixou só novamente
nesse tango solo.

4 comentários:

  1. Mandou mto bem Rene!!!
    Saudade... velha companheira de mtos momentos. Companheira do cotidiano de mtos...

    abraços,
    £!

    ResponderExcluir
  2. Quem me dera ter nos tangos saudade e poesia!

    ResponderExcluir
  3. Saudade! Ai, ai... como conheço cada letrinha desta palavra, viu!!

    ResponderExcluir